Projeto do BC pretende levar educação financeira para todas as escolas de ensino fundamental do país

0

Chegou ao fim no último domingo (26) a 6ª Semana Nacional de Educação Financeira (Semana Enef).

Durante sete dias, palestras, atividades e uma série de ações ligadas ao assunto movimentaram todo o país. Um dos organizadores do evento, o Banco Central coordenou a realização de um roadshow para a apresentação do projeto “Educação Financeira nas Escolas” em cinco capitais brasileiras: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

A iniciativa consiste na implementação de ações de educação financeira voltadas aos alunos do ensino fundamental das escolas públicas do país. “O BC está promovendo o desenvolvimento de uma plataforma virtual cujo conteúdo de educação financeira será integrado aos assuntos das matérias tradicionais”, explicou o diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania Financeira do BC, Maurício Moura.

A previsão é que a plataforma seja desenvolvida ainda este ano. Sua implementação, como projeto-piloto, está marcada para 2020. Inicialmente, a ideia é que seja implementada no mínimo em cinco estados (um de cada região do país) – a escolha contará com o auxílio do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF). Em 2021, o objetivo é expandir a ação para escolas de todos os estados.

A questão da educação financeira tem sido cara ao Banco nos últimos tempos. O BC acredita que o assunto tem potencial para promover o uso consciente do crédito, a redução da inadimplência e a diminuição do endividamento excessivo dos cidadãos, a formação de poupança, entre outros benefícios. Clique para conferir vídeo em que o diretor Maurício Moura fala sobre o projeto.

Milhares de atividades A Semana Enef é uma espécie de catalisador das iniciativas da Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef), que conta com diversos parceiros e apoiadores dos setores público e privado. “Ao longo de suas diversas edições, ela vem sensibilizando a sociedade acerca da importância e dos benefícios do planejamento financeiro, da poupança, do investimento, do planejamento previdenciário e do consumo responsável”, afirmou Moura.

A edição deste ano contou com mais de 13 mil ações em todo o país.

Por Banco Central do Brasil

Start typing and press Enter to search